Cartaz

Cartaz
Este é o cartaz do meu trabalho, somos obrigados a fazer um para divulgar à escola o que se está a fazer em Área de Projecto do 12º ano, e convidar os alunos a assistirem à apresentação do projecto! Já sofreu umas alterações, mas este veiu para ficar! Espero que gostem :D

Resultado dos inquéritos

Resultado dos inquéritos
Estes sao os resultados dos inquéritos que fizemos a várias turmas, desde o 8º ao 12º ano da nossa escola Seomara da Costa Primo! Como ja salientei no artigo anterior, muitos alunos, de ambos os sexos, nao indicaram a idade, logo nao podemos contar com as suas respostas!

Writers vs. Bombers

Quanto a writers, aquilo que encontramos na generalidade em Lisboa foi de uma pobreza confrangedora, mas identificámos meia-dúzia de lugares onde existem concentrações de trabalhos de grande mérito, ao nível conceptual e de perícia, alguns deles absolutamente lindíssimos.
Writers verdadeiros parecem ser poucos; a maioria parece ser constituída por principiantes. Verificámos ainda que é comum a todos a preocupação com o local dos trabalhos para efeito de visibilidade, mas constatámos também, com alguma surpresa, que os writers mais talentosos são os mais respeitadores e com maior atenção ao enquadramento dos seus trabalhos no tecido urbano. São infelizmente a excepção; a maioria sem talento é mais arrogante e acha-se com mais direitos sobre a estética da cidade, não se coibindo de deixar rascunhos onde calhar (bombers). Uma explicação... Generosa para a raridade da excelência é a das razões económicas: um trabalho de alta qualidade, com efeitos 3D, implica uma grande variedade de sprays de várias cores, que não são baratos.


Por outro lado (apesar do preço dos sprays) bombers há muitos, porventura em demasia, e são extremamente abusadores. Parecem ser muito territoriais e básicos; qualquer superfície serve para deixar as marcas da sua passagem, corroborando a segunda das percepções extremas que são mencionadas no início do texto. Aparentam ser cegos ou insensíveis a outras estéticas, que não respeitam.


Quanto aos outros, os que considerámos fora da subcultura graffiti, é difícil generalizar, mas na sua maioria também não parecem ter escrúpulos quanto aos locais. Sendo geralmente apenas mensagens escritas, não podem ser avaliadas por nenhum valor estético. Nestes casos o que pode contar como critério de valoração é o espírito das palavras nas mensagens; a inteligência, o simbolismo, a acuidade, a pertinência, a beleza, a piada, etc. Nesta categoria, por essa Lisboa fora, há preciosidades absolutamente ímpares, a cintilar discretamente no meio de uma imensidão de banalidades medíocres.

1 comentário:

  1. Bom post. Parabéns! Continuem a divulgação do que é Arte.

    ResponderEliminar